25 Episódios de Cavaleiros do Zodíaco para Relembrar

Por algum tempo eu relutava em reassistir Cavaleiros do Zodíaco, por que eu pensava que já tinha visto o suficiente sabe, e isso me fez esquecer o quanto cavaleiros é importante para mim e marcou minha infância! Agora, re-assistindo a série mais uma vez, pude perceber sua importância na minha vida, e quanto é marcante por sua história, acontecimentos, enfim...
E bem, eu sou dá época da TV manchete, e não sei porque, mais eu só consigo me lembrar de ver Sailor Moon, Cavaleiro do Zodíaco, e alguns tokusatsu, que eu não sei dizer quais são. 
Mas vamos aos episódios. Como de costume eu vou trazer aqui os MEUS episódios favoritos, e vou falar por que eu gosto deles, ou o que me marcou mais neles, então se você sentiu falta de algum episódio, deixa aqui nos comentários!

003 - Cisne, o guerreiro do gelo.
Depois do Shiryu, o meu cavaleiro de bronze preferido é o Hyoga. Eu gosto desse episódio por que mostra algumas características do Hyoga que se perderam ao longo da série. Ele se demonstra bem convencido, mas não aquele que se acha o melhor em tudo o tempo todo. Além disso, eu gosto muito da guerra galáctica. Imagina se tivesse uma saga só de um torneio entre os cavaleiros? Sei que seria contra os princípios do santuário, mas seria legal, não seria?


004 - O invencível golpe do Dragão.
Sei que você está pensando que escolhi este episódio por que gosto do Shiryu, mais não. Assim como o mestre ancião diz para Shiryu mais à frente, foi uma luta deprimente para Shiryu, e eu concordo com isso! Shiryu se demonstra bem mais convencido que Hyoga, ele se gaba muito. Mas, a luta em si, é bem legal e interessante, claro não é a melhor. E a estratégia do Seiya para vencer o escudo do dragão, foi surpreendente e também incrível!

036 - As doze armaduras de ouro.
Além de ser mais um daqueles episódios onde vemos os banhos de Saga, eu gosto por que Miro aparece. Somos apresentadas as 12 armaduras de ouro, e quanto a este fato, algo que sempre me incomodou foi que para a Saori e sua trupe, só havia uma armadura de ouro. Pelo menos o anime fez a gente entender isso, mesmo sendo óbvio que, se existe a de sagitário, e que este sendo um dos 12 signos do zodíaco, logo... mas tudo bem né! Também conhecemos um pouco do passado de Shina e Seiya. E por que Seiya se tornou o crush dela. E é tão fofinho! Mas o panguá do Seiya, não está nem aí para os sentimentos dela. Eu fiquei feliz foi mesmo pelo coelho, que foi salvo de virar o jantar do Seiya. Ah, um detalhe foi o Miro se recusando na cara dura a atacar os cavaleiros de bronze, mas aí quando Aioria aparece, ele fica do bolado por não ter sido escolhido!

038 - Ataquem, cavaleiros de ouro. 039 - Shiryu contra o Máscara da Morte.
Como nada do que o GM fez adiantou, agora ele resolve apelar para ignorância e enviar os cavaleiros de ouro logo para acabar com os meninos de bronze. Aioria finalmente entende quem é o treteiro da história, depois de levar uma broca do espirito de Aiorios, ele resolve voltar a santuário para tirar a história a limpo, o que sabemos que não foi uma boa ideia! Já na China, Shiryu também recebe de seu mestre a informação da existência de mais 11 armaduras de ouro além da de sagitário, e aí aparece o ilustríssimo Máscara de Morte, com o seu senso de justiça um tanto sem noção. Como assim, o mal se torna o bem e o bem se torna o mal? Sério não dá para compreender. Shiryu o enfrenta, mas não consegue se quer arranhar o Câncer. 

042 - Cosmo final.
Aqui de fato a coisa começa! Eu gosto por que o Mu explica um pouco, sobre a força dos cavaleiros de ouro. Detalhe para o Shiryu, que não quer nem saber por que o Mu está ali, e já cai para cima dele com os dois pés na cara e se estrepa todo. Legal é o Kiki fazendo o “rastreio” das armaduras, um momento de descontração no meio da tensão, achei legal isso!

044 - Gêmeos, o labirinto de luz e sombra. 045 - Enviados para uma outra dimensão.
Eu adoro esse episódio por causa da treta que rola na casa de gêmeos. Eu não sei por que, mas eu gosto desses episódios que tem esse contexto de labirinto. Tem um em Sakura Card Captors, Dragon Ball, Tenchi Muyo, e o melhor de todos em Yu-Gi-Oh. Eu gosto da dinâmica que os personagens têm que ter, para enxergar a saída do labirinto. E aqui de fato, enxergar não era uma coisa boa, já que Shiryu estando cego, foi o único que conseguiu percebe algo estranho. Na verdade, os cavaleiros tinham que “ver com o cosmo”, e não com os olhos. Do outro lado, Hyoga apressadinho vai com tudo para cima do cavaleiro de Gêmeos, e já sabem o que vem depois né...

047 - O corajoso Hyoga descansa em paz.
...Ele consegue dar um salto espetacular de 4 casas, que era tudo o que eles precisavam, mas ai aparece o Camus. Eu gosto deste episódio por que conseguimos entender uma pouco da relação do Hyoga com Camus, e seus sentimentos para com seus entes mais queridos, o que é lindo, mas é o que faz com que Hyoga fraqueje, mesmo depois de perceber que Camus fazia isso apensar para estimula-lo a despertar o 7º sentido. A parte que mais gosto, é quando Camus afunda o navio da mãe de Hyoga. Mas não me entenda mal, não é por afundar o navio, mas sim, como ele o faz. Camus lança uma energia em direção aos céus, que bate em sua constelação protetora (aquário), e acerta o navio onde a mãe do Hyoga repousa, que está no fundo do mar. Isso foi incrível!

052 - O Golpe Satânico de Ares. 053 - Cassius morre por amor.
Na verdade, eu não gosto tanto dessa batalha na casa de leão. Em resumo, o Seiya é espancado o tempo inteiro pelo Aioria pistola, e só. É muito irritante. O interessante mais é somente a história do Cassius com Shina. Detalhe é Shiryu e Shun levando uma chulapada do Cassius, que é um tanto deprimente... Outro detalhe é que, Aioria, não pareceu sentir nenhum remorso...tipo o cara estava sendo controlado, mais poxa, matou um inocente... ele age como se nada tivesse acontecido. Uma coisa engraçada é que, ele tenta tampar o corpo de Cassius com sua capa, mas ele é grande demais e os pés ficam de fora....kkk

056 - Shaka o cavaleiro mais próximo de Deus. 057 - Shaka abre os olhos.
Depois de alguns episódios filler sem noção, finalmente estamos na casa de virgem, onde a maioria vai concordar, temos a melhor batalha das doze casas! E basicamente, é por isso que gosto deste episódio. A luta nessa casa é bem consistente e tem um fluxo bom. Quando vemos que o Shaka tem um título de um mais próximo de Deus, pensamos que ele vai ser uma cara legal e tal... Ai ele começa atacar os cavaleiro e se mostra frio e calculista, que dá até medo. Principalmente, quando ele envia Ikki para margem de penitência... dá uma dó ver ikki pequeno caminhando naquele solo pontiagudo carregando seu irmão que pesa toneladas. Detalhe é que Shiryu novamente, saiu com sangue nos olhos para atacar Shaka, não quer nem saber partiu para cima mesmo. No episódio 57 tomamos um spoiler logo de cara com título. E, temos o fato de Ikki deixar Shaka retirar seus sentidos, para que ele alcançasse o 7º sentido, foi uma tacada de mestre, mas por outro lado eu fiquei pensando, em como Shaka foi burro e não percebeu que retirar os sentidos, resultaria nisso, sendo que ele mesmo usa desta artimanha para aumentar seu cosmo.

060 - O renascer de Hyoga. 061 - Renda-se ou morrerá. 062 - Hyoga o guerreiro corajoso
Logicamente eu gosto dessa trinca de episódio, só por que é quando Miro aparece. Mas o episódio 60 é interessante, pois ficamos sabendo de umas peculiaridades sobre a armadura da de libra. E sempre que eu vejo esse episódio, eu ficava imaginando como seria uma luta com todos os cavaleiros de ouro utilizando as armas de libra. Seria muito legal ver isso né? Eu também sempre fiquei me perguntando, qual critério Shiryu utilizou para escolher a espada. Há estava quase esquecendo de uma coisa, uma parte que acho engraçada, é quando Miro diz “por que estão fugindo do escorpião? ”, foi a melhor recepção de todas as 12 casas! Outra coisa é, quando Hyoga aparece e fala sobre como Shun o salvou, e Seiya e Shiryu estão caído não chão, espantados ao ver Hyoga, e dizendo: “mas Hyoga”. A luta em escorpião não é tão empolgante, por que técnica de Miro consiste em fazer o oponente sofrer até a morte... e nossa, sinto um angustia ao ver o Hyoga rastejando com sangue esvaindo de todos os lados. Acho que o Miro também se sentiu isso, por que ele rapidamente reconsidera as intenções dos cavaleiros de bronze com essas lutas.

063 - Todas as armaduras de ouro reuniram-se no santuário.
É um episódio para encher linguiça, sem dúvida! Mais é legalzinho ver este contexto de que há uma espécie de ligação entre as armaduras de ouro, a ponto de elas vibrarem entre sim quando juntas novamente. A parte chata é que a história do Aioros é contada mais uma vez. Sério, já perdi a conta de quantas vezes essa história já foi contada de todas as formas possíveis! O pior é que nesse episódio ela é contada duas vezes, uma pelo Tatsumi e outro pelo Saga/GM, que fica meio bolado pensando que todos podem vir ataca-ló a qualquer momento.

067 - Adeus ao mestre e aos meus amigos.
Particularmente, eu tenho uma indignação com este episódio. Não pelo episódio em si mais... como vou dizer.... Essa era a luta que eu mais esperava, desde a casa de libra. Eu esperava uma luta longa, cheia de reviravolta…tipo dois episódios. Essa luta tem muito background para ser explorado, mas.... Tudo se resolve em um episódio! As lutas em capricórnio e peixes, para mim são as mais entediantes. Em capricórnio por exemplo, tenho a sensação de eles ficam enrolando, para enfim chegar ao desfecho final. Em peixe, vemos novamente a história do ataque a ilha de Andrômeda quase um episódio inteiro. Aí tem um ponto que me deixa irritada, por que o Afrodite conta uma história que nos deixa a impressão de que o Miro é um fraco, e que não tinha capacidade de ganhar. Mas...pô, o cara é um cavaleiro de ouro, como assim! Em contrapartida, eu também acho que o episódio foi na medida certa, mas ainda sim, acho que poderia ter sido mais trabalhado a relação do Camus com o Hyoga. Talvez isso não tenha acontecido, por conta da grande diferença entre o mangá e o anime, com relação a estes dois personagens.

073 - Amigos, reúnam-se com Athena.
Basicamente eu gosto da Atena subindo as 12 casas e sendo recebida pelos cavaleiros! Apesar de isso não acontecer no mangá, é uma atitude interessante. Por outro lado, o final deste episódio é terrível! O negócio acaba todo mundo lá, quebrado e só. E daí, vem a saga de Asgard. Acho que TOEI podia ter feito uns episodiozinhos mostrando o depois, e explicando um pouco, o que houve depois da luta das 12 casas. Seria melhor do que ter inventado a saga de Asgard.

100 - Poseidon o imperador do oceano.
Esse episódio é bem interessante, pois conhecemos que é Julian Solo, que para quem não sabe, é dublado pelo Alfredo Rolo, dublador de Vegetta. Ele conseguiu fazer uma voz totalmente diferente do resmungão do Vegeta, ficando uma voz bem sedutora, já que Julian é quase que um galã né. Me pergunto, onde estariam os caras como Julian nos dias de hoje. Claro que sem a alma de Poseidon, por que eu não queria ficar trancada numa câmara até ela se encher de água, e eu morrer. Levando isso em conta, acho que hoje em dia tem mais cara como Julian com a alma de Poseidon, do que sem a alma! rsrsrs 

09 - Além do orgulho.10 - A Exclamação de Atena. 11 - O abalo do Santuário.
Eu sinto arrepio só de ouvir o narrador falar o título do episódio “além do orgulho Eu sinceramente não sei nem dizer qual é melhor parte, por que todos os três juntos são muito bons. Shaka manipula os três renegados, fazendo-os conduzi-lo ao sétimo sentido. Eu acho que os três, não sabiam das verdadeiras intenções de Shaka. Mas, bate aquela angústia mesmo, quando Mu diz: “Shaka de Virgem caiu”. Eu fico paralisada, em choque, toda vez que vejo essa cena, por que ela é muito emocionante! Depois, temos a treta das exclamações de Atena, na mais justo para vingar a morte de Shaka, no entanto, eu pensei que Mu não participaria, já que ele sentia e entendia tudo por trás dos acontecimentos. Mais o ápice de tudo está em “o abalo do santuário”. Ninguém poderia imaginar que Atena se sacrificaria daquela forma, resgatando acontecimentos do passado, para ser o estopim. Sem dúvida uma das cenas mais dramáticas da franquia. Mas uma coisa que sempre me perguntei é, como Shaka sabia que era necessário alcançar o oitavo sentido e tudo mais...

Aqui vamos aos bônus:

THE LOST CANVAS
05 Rosas Venenosas 06 Cortejo Fúnebre das Flores
Eu não sei vocês, mas sempre tive uma má impressão do cavaleiro de peixe e câncer. Suas concepções de justiça não eram nada parecidas com as de um cavaleiro de Atena. Mas, Alfabica de peixe, está aqui para acabar de vez com essa na impressão! Ele enfrenta Minos, um dos juízes do inferno, e seus servos, deforma imponente. Eu achei bem interessante colocar Niope de Deep a estrela terrestre das trevas, para lutar com Alfabica, já que ambos têm golpes parecidos! Também é bem interessante a história de Alfabica. O fato dele não se aproximar das pessoas, por medo de envenena-las com seu sangue. A luta entre Minos e Alfabica, é um tanto angustiante. Minos, tortura Alfabica com sua marionete cósmica. Por um momento a luta parece encerrada, mais logo Alfabica retorna ao campo de batalha de forma gloriosa! Mais eu realmente me surpreendi, foi com à dublagem, não só de Alfabica mais de toda a série. Mas, a voz de Alfabica, ficou perfeita!

09 Estrela Gigante 10 Advento
Aqui o cavaleiro que representa o meu signo, finalmente teve uma atuação memorável. Hasgard mostra ter uma incrível força e resistência física ao bater de frente com um espectro Kagaho, que tem um poder ao nível de um juiz do inferno, e é um tanto rebelde e esquentadinho. Hasgard logo trata de corrigi-lo. Mas para falar a verde à luta meio que terminou em empate.

16 Deuses e Peões 17 Lixo
Assim como o cavaleiro de peixe, Manigold de câncer, vem para nos redimir da má impressão deixada pelo Máscara de Morte. Na luta dele enfrentando um espectro, que ele chama de transformista, Verônica, ele demonstra ser bem engraçadinho. Eu gostei muito, sem falar da dublagem excepcional! Mais uma das melhores cenas protagonizado por Manigold, é quando ele literalmente cai no meio do jogo de xadrez dos Deus da morte e do sono. Foi demais! Daí para frente, ele encara sem medo o Deus morte, de forma heroica, e luta até o fim com a ajuda de seu mestre, até conseguir selar o Deus.

SOUL OF GOLD 
03 - Embate! Cavaleiro de Ouro VS Cavaleiro de Ouro
Ai resolvem ressuscitar os cavaleiro de outro e de novo. E de novo, colocam o Camus como traidor... poxa! Sinceramente, achei a história que inventaram para justificar essa traição, muito ridícula! E ainda colocaram o cara para lutar contra o Miro. É contraditório, mas, ao mesmo tempo, foi interessante. Foi ruim ver amigo lutando um contra o outro. Destaque para entrada épica do Saga.

06 - Invasão! As 7 Câmaras da Yggdrasil
Foi legal ver os cavaleiros de ouro reunidos “em uma missão”, pois nós nunca tínhamos visto eles juntos trabalhando em algo. Eles até juntam as mãos, tipo: “um por todos e todos por um”. Triste mesmo foi no episódio anterior, ver o Miro definhando sem ao menos lutar a sério. Queria ter visto ele lutando mais....

12 - Nascimento! A Sagrada Lança de Gungnir 13 - Que Nossas Preces Sejam Ouvidas! Eterna Lenda Dourada
Foi um tanto sem graça, ver o Aioria com a armadura de odin. Por que ele meio que deu uma de Seiya na saga de Asgard, a lógica foi a mesma... Mas eu achei legal foi o final do episódio, onde todos os cavaleiro de ouro aparecem, eu adorei as cenas mostrando ao grupinhos, melhor pose foi a do Camus e a do Dohko... kkk... E sendo contraditória novamente... foi legal a despedida, mas foi tão triste... Destaque para o Afrodite dizendo para Mascara da Morte “temos de sair com elegância”. Ri demais! Outro ponto legal, foi que fizeram um “encaixe” com a saga de Hades, com Poseidon aparecendo para ajudar a enviar as armaduras de ouro aos campos Elíseos, para os cavaleiros de bronze. Achei interessante esta parte, apesar de não ser oficial, deu uma “explicação” para feito.


Espero que elas tenham gostado do post. Deixem nos comentários quais são seus episódios favoritos. Também não deixem de conferir o curso do de desenho Metodo Fan Art 2.0. Eu estou fazendo o curso e estou adorando! Nele você vai aprender um método para desenhar seus personagens favoritos de animes e mangá. Links vai estar logo abaixo. Abraços!

Acesse: Curso Metódo Fanart 2.0

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.