Resoluções de Ano Novo?


2018 foi um ano realmente estranho para mim. Mas, não digo isso por conta de situação financeira, carreiras... digo isso de mim mesma. Eu percebi que este ano eu estava bem diferente em relações a alguns aspectos. Eu costumo dizer para as pessoas que eu estava meio revoltada com algumas coisas. Eu sempre fui na minha, e sempre fui o tipo de pessoa que aceita tudo calado, sem reclamar, por mais ruim que seja, nunca fui de compra briga. Mas este ano, ainda que um pouco tímida, fiz de tudo para me livrar de situações que me desagradam, custe o que custasse, mesmo que tivesse que ser hostil com alguém. 
Uma que teve um destaque maior, foi o emprego. Eu pedi demissão. Sinceramente já não suportava mais algumas pessoas e situações ali. Um trabalho cansativo e sem reconhecimento. E quando digo reconhecimento, não é tanto financeiro, mais tipo á vezes um “bom trabalho”, “nossa ótima ideia”, “parabéns” é muito mais importante. Além do que, sempre existem aquelas que pessoas que se acham mais que a outras, ou até mesmo que se acham chefe de todo mundo! E então, eu cansei e pedi minha demissão, tudo nos conformes. Ainda não estou em outro emprego, mas resolvi arriscar no mundo do artesanato, e ganhar uma grana enquanto ainda estou em busca de algo que me agrade. Mesmo sem ter experiência, aprendei a fazer algumas coisas em vídeo no youtube, e decidi arriscar. Ainda que timidamente, já fiz algumas vendas, algo que pensei que não conseguiria de forma alguma, e ao ver o retorno das pessoas fico tão feliz, por que estou fazendo algo que gosto, o velho unir o útil ao agradável.

Ainda falando um pouco sobre o emprego, depois de sair do trabalho em que eu estava, eu decidir focar nas coisas em que eu sempre gostei. Pois, a carreira que eu venho seguindo talvez não fosse realmente o que eu queria, por muitas vezes tive vergonha de seguir por um caminho, por não me achar suficientemente boa para aquilo. E este é o caso dos desenhos. Já publiquei muitos desenhos aqui, e quem quiser conferir mais alguns pode acessar o meu Deviantart, pois estão todos lá. Mas, voltando ao assunto, eu aprendi a desenhar sozinha. Sim, é e isso mesmo. Eu simplesmente peguei o papel e comecei a fazer o desenho de tal anime que estava ali numa revista.... Lá em meados de 2000, eu queria impressionar um garoto que eu gostava, e que sabia desenhar muito bem. Apesar de desenhar razoavelmente bem, na hora de aperfeiçoar e de escolher o que seria da vida, reneguei a essa “habilidade” que adquirir por “esforço próprio”, só não estava aperfeiçoada. E tudo por que, tinha vergonha do que as pessoas diriam ou pensaria, quando vissem os meus desenhos.... Esta é uma característica ruim que tenho, fazer ou não uma coisa devido ao que as outras pessoas são achar. Eu mesmo estava me dizendo que não era capaz daquilo... como pode..., mas este ano… chega! Mesmo que tardio, resolvi investir neste aspecto, que eu literalmente tinha jogado na lata de lixo, ou ainda, me sinto como se tivesse cuspido no prato que comi. Comprei dois cursos de desenho, um mais recente voltado para personagens de anime, que é como eu comecei afinal. Também comprei um curso de design gráfico, área que eu penso que deveria ter seguido por conta de gostar de desenhar, e que da mesma forma reprimi. A intenção era fazer uma faculdade, mas dita a situação, não tenho como bancar algo assim agora. E então fica aqui uma lição para vocês: nunca é tarde para voltar a atrás, mas, se você tem um sonho, sempre siga seu coração. Não se deixe abalar pelo que os outro dizem ou pensam.

Agora indo para um aspecto mais pessoal, vamos falar de séries, animes, filmes e músicas. Já faz algum tempo (não é desde esse ano), que não estou muito para filmes. Simplesmente não tenho vontade de ver, ou não tem nada que me interesse. Eu apenas comecei a ver alguns filmes depois de assistir “Para Todos os Garotos que Já Amei”. Eu assisti este filme por 12x seguidas! Acredite passei todas as noites, durante duas semanas vendo esse filme! Que me trouxe uma sensação que há tempo não sentia, daqueles filmes que mexem com gente, sabe. Já para séries a coisa é a mesma, desde que Bones saiu do Netflix, eu empaquei quanto a séries. Terminei de assistir “The Killing”, literalmente de forma forçada, e Arquivo X a partir da 5ª temporada, eu tenho empurrado literalmente com a barriga! Acho que já faz 3 meses que não vejo e falta 3 episódios para terminar a 7ª temporada. No entanto, sempre fico na dúvida de dar um dropped ou não. Quanto a anime, estive presa praticamente o ano inteiro nos anos 90. Sim, consultando o meu MAL, pode averiguar, ou melhor ter certeza de que, este ano, eu assistir apenas a 3 animes novos, e quando digo novos, ou seja, aqueles que eu nunca vi. Podemos colocar 4 por que um deles ainda está em andamento. E este são: Cinderela Boy, Card Captors Sakura: Clear Card, Captain Tsubasa 2018 e Lupin III: Cagliostro no Shiro. Praticamente todo ao ano, eu passei revendo coisas antigas, por que simplesmente eu adoro esse sentimento de nostalgia. Estes são: City Hunter, Digimon, Buck, Yu Yu Hakusho, Dragon Ball e Dragon Ball Z e a febre do momento, Cavaleiros do Zodíaco. Para você terem uma ideia de como esse sentimento nostálgico atingem níveis fora do meu controle, comecei a rever CDZ em medos de 20 de novembro, e ainda estou revendo, e por enquanto não tenho a menor vontade de parar! No caso, eu assistir não só a série clássica, mas The Lost Canvas, Soul Of Gold e saga de Hades, e agora estou acompanhado o mais recente lançamento Saintia Shô. Só ainda não assistir aos filmes e a saga de Asgard... mais ainda temos tempo né!

Por fim, com tudo isso, 2018 foi um ano realmente marcante em todos os aspectos de minha vida. Não sei se a astrologia pode me dizer o porquê de disso tudo (eu gosto de astrologia e sempre vejo as previsões), a ponto não reconhecer a mim mesma. Eu realmente não quero alguns desses aspectos dos quais eu me tornei este ano, estou torcendo para que as coisas mudem, vou me empenhar, mais é sempre difícil lutar contra sua própria natureza, não é verdade? No mais, desejo a todos boas festas e um feliz ano novo, que seja prospero e feliz para todos vocês!!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.