My Review: Para Todos os Garotos Que Já Amei

by - 17:00:00


Eu sempre gostei dos filmes de romance adolescentes, mas fazia tempos que eu não assistia algo do tipo. Pode-se dizer que, desde que eu me tornei adulta! Acho que eu gosto deste tipo de filme, por que eu sempre me identifico com a personagem principal, até por elas sempre vivenciam situações que já ocorreram com a gente né! E também, a gente sempre fica querendo que tudo aquilo que acontece com elas, aconteça também com a gente, principalmente o final feliz. Este filme me fez me sentir como na época da minha adolescência, com todos aqueles dramas adolescentes, que hoje deve ser bem pior. E falando sério, é claro que não existem garotos como Peter e Josh hoje em dia, na verdade eu queria saber por onde eles andam?
Mas falando sobre o filme, já faz tempo que não vejo produções deste tipo ganhar um destaque, ainda mais nos dias de hoje. Ele parece um daquele clássicos romances dos anos 80, algo bem clichê, mas que eu adoro. Eu não sei como é a história original, por que o filme é baseado no livro da autora Jenny Han, então aqui vamos levar em conta apenas o filme, ok? Apesar de sabermos que a história foi comprimida para caber em 1h40min, ela tem um ótimo fluxo, sem deixar falhas de continuidade na história, ponta soltas, mais anda sim perguntas a serem respondidas, por exemplo sobre a mãe de Lara Jean.

Como eu disse o plot é bem clichê: Lara Jean é aquela típica garota não popular, que por acaso se envolve com o cara mais popular da escola. Mas LJ (vamos abreviar aqui tá) é bem diferente das protagonistas de filmes deste tipo: a garotas menos popular que sempre é humilhada pelas mais populares. No caso de LJ, quando é confrontada pela Gen, não deixa barato, e o próprio Peter diz isso. Peter também é diferente, ele não é aquele tipo de cara que se acha. Ele é gentil, bondoso e amável. E a química entre Lana Condor e Noah Centineo foi tão perfeita que parece que os dois estão realmente vivendo aquelas situações. Peter é fofo do início ao fim do filme! Eu também achei perfeita a química entre as irmãs Covey! Elas se dão bem e confortam umas às outras. Já a Chris, melhor amiga de LJ é um ponto interessante, pois ela nem parece a melhor amiga. Ela nunca está nos momentos importantes e que se necessita de apoio. Já não se fazem amigo como antigamente! Brincadeiras a parte, mas acho que elas devem ser assim mesmo, até por que Chris tem um jeito bem diferente de LJ, na verdade pode-se dizer que são opostos, mas talvez seja isso que as faz uma dupla perfeita né.

Certamente, você vai identificar com alguns dos personagens ou até mesmo com a história. Eu não canso de assistir ao filme, já perdi as contas de quantas vezes eu assisti, (acho que foram 12 vezes rsrsrs) e que me suspirei em todos os momentos fofos, nada forçado demais, tudo na medida certa!
Posso dizer que não sou muito fã de livros! Não odeio ler sabe, só não é um dos meus passatempos preferidos. Para que eu leia algo, tem que ter alguma coisa que me fascine no livro. E posso dizer que esse filme me fez querer saber mais sobre LJ, o antes e o depois de tudo o que se passa no filme, detalhes que não são mostrados... então eu comprei os três livros da série, e tenho certeza que vou ler todos. Como os da Lauren Kate da série Fallen. Isso me fazer perceber que a última vez que li um livro completamente, foi em 2014. E eu já mal posso esperar pela continuação do filme, pois afim ainda temos livros ao né!


Você vai gostar também:

0 comentários

Instagram