1 Ano de Bullet Journal O Que Mudou? + Setup de Abril
em 7 de abril de 2018

Pois é, já faz um ano que inicie o bujo, como tempo passou rápido né? Hoje vim trazer as coisas boas que esses métodos trouxe para minha vida em todos os aspectos, e se você quiser relembrar como foi este amor á primeira vista pode conferir neste link aqui.
Ano passado nas férias, eu estava em busca de algo que eu pudesse fazer como diário, mas que de um forma mais adaptável do que as agenda que eu já tinha. Eu sempre gostei de ter agenda/diário, para guardar recordações, chorar as mágoas e tristezas da vida, declarar amores enfim… aquela coisa de diário mesmo. Só que ultimamente, as minhas agendas estavam com muitas páginas em branco, e isso me incomodava. Eu queria preencher esse espaço em branco com algo útil, e foi ai que conheci o Bullet Journal. Inicialmente, pensei que não era isso o que eu procurando, mas só consegui entender o método, quando de fato mergulhei de cabeça e comecei o processo. Decidir começar a fazer, assim mesmo, igual cego em tiroteio, e aos poucos, fui me envolvendo e gostando cada vez mais.

Com ajuda de canais do youtube, instagram, pinterest, blogs de pessoas que já executam o método com perfeição, foi muito fácil de seguir com a próprias pernas, e quando percebi cá estava eu um ano depois, amando tudo isso.O Bullet Journal não é só por bobeira e diversão. No meu caso, serviu de estímulo para muitas coisas que eu já havia desistido ou vinha procrastinando a muito tempo em minha vida. E até mesmo, serviu como incentivo para aprimorar, acreditar e mudar outras área da minha vida. E é isso que vou mostrar hoje para vocês.
ORGANIZAÇÃO
O pilar do método, sem dúvida é o organização. Na verdade eu sempre fui uma pessoa de certa forma organizada. Porém tudo sempre ficou na minha cabeça, e agora com o avanço do tempo, as coisas tem ficando meio esquecida, para não dizer perdidas. Colocar no papel de forma harmoniosa e divertida, tudo o que tenho que fazer, ajudou muito a traçar os passos para o futuro. Decisões a tomar, caminhos a seguir, tudo é mais fácil quando se pode visualizar o que temos agora, por mais duro que seja algumas vezes. Projetos que vinha adiando, finalmente tiveram vida ou definitivamente morreram.

TEMPO
O tempo é algo que ultimamente tem se extinguido cada vez mais. Os dias passam como num piscar de olhos. Quando você começa a descansar, já é hora de dar adeus ao final de semana. Lá se vai mais um domingo, muitas vezes em vão. Com o tempo comecei a ficar desorientada. Ficava muito tempo numa coisa só, desviava do ponto principal do que precisava fazer, ou seja, estava desperdiçando tempo, ao invés de desperdiçar amor (piada cretina com música do Iron Maiden eu sei). Logo percebi que precisava gerenciar melhor o meu tempo. Eu só tenho tempo de fazer "coisas grandes" no fim de semana, mais quando domingo chegava ao fim, sempre sintia que não tinha feito tudo o que precisava, ou muitas vezes fazia apenas uma coisa só, sendo que podia ter feito outras, ou fazendo coisas que estava fora do script. Confesso que este foi o processo mais difícil de me disciplinar. Até alguns meses, atrás eu ainda não tinha entrado nos eixos, mas agora está tudo sob controle, só não pode deixar a peteca cair de novo!

SAÚDE
Já faz bastante tempo que não tenho dado bola para minha saude, e já começo a sentir alguns efeito dessa displicência comigo mesma. Algumas coisas que vou dizer é vergonhoso, porém, me sinto orgulhosa de ter superado todas essa dificuldade. Por exemplo, estava a um bom tempo sem ir ao dentista, ano passado comecei sentir dores no dentes então tive que ir imediatamente. Não era crítico, mais ficou a um passo de ser. Por que quanto a higiene bucal eu sempre só escovei os dentes e nada mais. E quando fui ao dentista, a maioria das cáries estavam entre os dentes, onde somente o fio dental pode alcançar. Quando entendi o que era uma Habit Tracker, a primeira coisa que veio a minha cabeça para monitorar era exatamente os dentes, especificamente a frequência de escovação (no mínimo 3x por dia) e a utilização do fio dental. Outra coisa que precisava fazer era algum tipo de exercício físico, Nada pesado, eu apenas precisava me  movimentar, pois eu estava ficando parada demais. Então também monitoro os dias que faço caminhada. Outra coisa, e esta eu considero realmente uma vitória, é diminuir na minha vida o chocolate. Sim, trágico! Eu percebi que estava comendo chocolate avassaladoramente. Eu geralmente comprava na promoção da Lojas Americanas (3 por 10, ás vezes 6 por 20 (este último por minha conta mesmo). E claro que viver de chocolate não iria fazer bem. Hora de pisar no freio! Em suma, o que quero dizer é que, fazer se monitoramento de forma divertida e criativa, me incentiva a fazer coisas que tinha dificuldade de fazer, apenas pelo simples fato de colorir mais um quadradinho para tudo ficar mais colorido e bonito no bujo. Pode parecer ridículo, mas funciona!

CRIATIVIDADE E DESENHO
Quem acompanha o blog, sabe que eu gosto de desenhar, que faço alguns desenho e tudo mais, no entanto eu não me considero um desenhista. Apesar de desenhar bem, eu não uso uma técnica ou método. Na verdade, eu simplesmente pego o lápis e desenho o que acho que sou capaz. Apesar de desenhar, eu não tenho a capacidade de criar algo da minha mente, mesmo que sejam pequenos desenhos como os doodles. O bujo foi uma coisa que me inspirou a por as mangas para fora, e arriscar a fazer as coisas que me vem a cabeça e ter um pouco de criatividade, mesmo que às vezes, não fique muito bom, mais pelo menos eu tentei. Eu tenho me esforçado para praticar isso e o desenho, mais o tempo não tem me permitido a tal.

HABILIDADE DE ESCRITA
Quando você entra nesse mundo do bullet journal, você vê cada criação linda, páginas bem elaboradas, letras magníficas de encher os olhos. Dai, você quer fazer igual, tão lindo quantos os que você vê no Pinterest a fora, e fica...bem.. uma bosta né! Sei como é, mas você não deve deixar-se derrubar. Então, eu definitivamente decidi que precisava melhorar minha letra. Comprei um caderno de caligrafia simples, procuro algo no youtube sobre o assunto, na internet para praticar. Tenho praticado pouco, mais já consigo ver um melhora. Eu tinha um sério problema de velocidade, eu sempre escrevi rápido, dai já viu como fica né, quase como um hierográfico, indecifrável. Aqui abaixo está uma escrita minha bem, bem BEM antiga. Eu não escrevia de forma cursiva, abandonei este tipo de escrita a tempo, nem me lembro quando, mas me lembro que era por que da forma cursiva, eu não conseguia acompanhar e escrever o que o professor dizia, eu sempre gostei de anotar o que o professora falava em sala de aula. Do outro lado está como eu escrevo agora. Eu estou tentando voltar com a escrita cursiva, tento sempre escrever desta forma.


BEM-ESTAR
É prazeroso para mim sentar e mexer no meu bullet journal. É um tempo que passo comigo mesma, fora de qualquer rede social ou internet. Ás vezes nós precisamos deste tempo com nós mesmos, esvaziar a mente dos problemas, relaxar, extravasar a tensão, uma forma de escapismos mesmo. Já fazia algum tempo que tinha abandonado este tipo hábito.

ENCONTRAR A SI MESMO
Eu sinto agora que eu realmente encontrei o meu lugar. Algumas pessoas se encaixam em algo tão perfeitamente, é como se fosse de sua natureza, tipo: “fulando faz aquilo tão bem”, ou: “aquilo é perfeito para você”, ou também: "você se dá tão bem com isso" e ainda: "nossa isso é a sua cara", ou seja, algo que lhe define o que você é. Eu fico feliz em admitir que faço parte do grupo das loucas da papelaria. De alguma forma, me sinto parte disso.  É legal ver que tem outras pessoas como você, que gostam daquela mesma coisa loucamente, que lhe ensinam algo haver com que ambos tem comum, com quem você pode compartilhar, como faço agora. Eu sempre pensei que eu fosse a garota que gosta de metal, mas não sei por que, isso não tem sido algo que me defina, como se estivesse fora do foco (não que eu queria aparecer, não é esse o sentido). O que quero dizer é que algo que é de minha natureza. Eu sempre gostei desse lance de papelaria, desde pequena, adoro isso (eu amava brincar de escritório, só para mexer com papel e escreve), e por muito tempo mantive isso “escondido” dentro de mim, e agora me sinto livre para liberta-lo. 

Setup de Abril
Agora vamos ao setup deste mês. Mas antes, vamos conferir rapidinho como ficou o mês de março!
Abril é o mês do meu aniversário, e eu quis deixar bem a minha cara, com o tema de aniversário com a minha cor favorita, o lilás. Eu resolvi voltar com o calendário por que queria algo mais decorativo, o legal é que deu um espaço certinho para tracker do mês, mas tive que utilizar ícones ao invés de escrever o que se refere.



Para o mood tracker eu decidi adaptar um desenho que achei no pinterest, que achei super fofo. Por fim resolvi adaptar o layout do sleep log, para ficar parecido com o aplicativo saúde do iPhone, dá parte que se registra o sono. Eu queria informações mais detalhadas e ao mesmo tempo algo mais harmônico, então construí este layout.

Já para as semanas me inspirei nos último layout da @bohoberry. Adaptei uma parte para, para ter o controle das séries que assisto e da prática do lettering. E também fiz um quadrinho para registrar mensalmente os dados coletados pela minha Me Band.