What I Watched: Patlabor


Mais um indicação indireto do canal do YouTube, canal do Shago (a outra foi zillion, mas eu não cheguei a falar aqui), Patlabor é um anime do estilo mecha, produzido pelo estou Sunrise, um estúdio que eu aprendi a apreciar! Quando se falar em mecha, talvez o primeiro anime que vem a cabeça seja Evangelion. Mas, se comparado a Evangelion, Patlabor e bem mais leve humorístico, quanto Evangelion trata o psicológico dos personagens e possui uma atmosfera mais sombria. 
No anime, acompanhamos o trabalho diário de uma seção da polícia do Japão, exclusiva para combater crime que envolve um Patlabor, que é como são chamados os "robôs" em questão. Muitas vezes eles resolvem as questão de forma desastrosa, ou com algum dano ao patrimônio público. Mas logo você vai perceber que esse é o carro chefe do anime. O anime tem como foco a personagem Izumi, e seu desenvolvimento dentro da equipe, e seu afeto especial por robô que opera, dando-lhe o nome de Afonso. Você com certeza vai shippar ela o tempo todo com Shinohara, apesar de um clímax nunca acontece de verdade. 

A parte do humor, na maioria das vezes fica conta do personagem Otta, aqui no Brasil nomeado como Fukuda, até agora não entendi por que! Lembra que eu falei que eles cuidam dos casos muita vezes de forma desastrosa, então, na maioria das vezes por conta do Fukuda, que tem um pavio curtíssimo que se irrita com muita facilidade a ponto de atirar no pessoas dentro do um barco, pois elas estavam no seu caminho! O chefe da equipe, Gotto, pode parecer um bobão, mas é muito perspicaz e atento às situações das ocorrências em que a equipe trabalha.

Na maioria das vezes a série tem um tom de comédia, no entanto, há episódio realmente intrigante e sinistro (porém nem tanto), como os episódios 20, 27 e 38 que deixa intrigado com o ambiente de mistério e suspense, e na minha opinião um dos melhores. Há também episódios mais sérios, como por exemplo os que compõe a saga dos robô Satan e Gryphon, diga-se de passagem a melhor saga, um pena que termina sem conclusão. O anime também dispõe de duas séries de OVA, "The New Files" e "The Early Days", eu assisti apenas o "The Early Days" e pode se dizer que tem o mesmo padrão da séries animada.

Sem dúvida, possui uma animação acima da média, se comparada a outras animações da época. Por outro lado, se você assistir a versão dublada, vai perceber os diálogos sem sentido e uma tradução um tanto confusa. No entanto, eu ainda prefiro a dublada, devido problemas de visão (ficar lendo as legendas realmente é cansativo!). Como de costume, eu não sei fazer conclusão do review, de qualquer forma eu indico este anime, se você curte a comédia com aventura e ação e personagens contagiantes, por favor assista Patlabor.

Tecnologia do Blogger.