Top 10 Of Metal: Angra
em 27 de junho de 2015
Um dos "Top 10" que faltavam certamente era o do Angra. Eu conheci o Angra lá por volta de 2004, quando eu comecei a escutar metal, por influências de meus primos que eram muito fãs da banda. De lá para cá eu sempre escutei as músicas mais nunca fui muito "fanática" pela banda. Angra tem suas origens em 1991 quando ainda era liderada por André Matos. De lá para cá, houveram muitas mudanças de formação na banda, depois de muitas turbulências.


O Angra tem um estilo muito diversificado das canções, que muitas vezes contam com elementos da música brasileira, como em "Never Understanding" e "Sprouts Of Time", que dão as músicas um toque especial e torna o diferencial da banda em relação a outras bandas brasileiras do cenário.
No início, eu escutava freneticamente "Angels Cry" e isso fez com ele se tornasse enjoativo para mim! (risos). E como eu sempre sou o contrário de tudo, eu gosto muito do álbum "Aurora Consurgens", que muitos dizem ser o "pior", enquanto que pra mim o "pior" é o "Fireworks". Além das minhas favoritas abaixo, devo destacar que também a agitada "Scream Your Heart Out",  a romântica "Bleeding Heart" e a pesada "The Temple Of Hate" e muitas outras!

What I Watched: As Crônicas do Heróico Cavaleiro
em 21 de junho de 2015
Na semana passa terminei de assistir ao um anime, que talvez muitos não tenham ouvido falar. O anime Record Of Lodoss War é uma franquia de romance de fantasia, originalmente criado para ser um jogo de RPG, mas que teve várias adaptações tanto para anime quanto para mangá. 
A primeira parte da história começa quando um antigo cavaleiro, Ashram conhecidos como Cavaleiro Negro), aparece num templo perguntando a sacerdotisa Leylia sobre o Cetro da Dominação. Perto dali um bando de mercenários planejam saquear uma vila, dentre eles Shiris e Orson. Orson é possuído pelo espirito da fúria, e quando vê uma garota em perigo, ele perde o controle de si, podendo matar tanto inimigos como amigos. Ao tentar atacar a vila são impedidos por Parn, um lendário cavaleiro e a Elfa Deedlit. Eles se unem para impedir os planos de Ashram de reunificar Lodoos sob seu comando com o uso do “Cetro da Dominação”. Mais antes de impedir Ashram eles terão que derrota outro inimigo poderoso, o dragão do fogo Shooting Star, que é o provável detentor do “Cetro da Dominação”.
Na segunda parte, o antigo Bruxo das Trevas Wagnard,planeja ressuscitar Kardis a deusa de Morte e da Destruição, contudo para seguir com seus planos ele precisará encontrar “O Portal”. Para derrotar Wagnard temos agora um novo cavaleiro, Spark. Ele e seus amigos se unem com Parn, para impedir os planos de Wagnard e proteger a pequena Neese. Neese carrega a alma da Naneel tornando-a assim “O Portal” e um item indispensável para ressurreição de Kardis.
Adeus Christopher Lee
em 11 de junho de 2015
Hoje o mundo acaba de perder um grande ícone do cinema. O ator Christopher Lee morre aos 93 anos. Ele estava internado com problemas de insuficiência cardíaca e respiratória. Lee é conhecido por interpretar o Mago Saruman na saga Senhor dos Anéis, mas nós headbangers, não conhecemos Lee apenas dos cinemas, mas também de sua emblemática participação nas músicas do Rhapsody Of Fire. Ele participou de várias canções da "The Dark Secret Saga" que é compreendida pelos álbuns "Symphony Of Enchanted Lands II - The Dark Secret", "Triumph Or Agony", "The Cold Embrace Of Fear", "The Frozen Tears Of Angels" e "From Chaos To Eternity".  As canções que contam com sua bela voz são "The Dark Secret", "Dark Reign Of Fire", "Unholy Warcry", "Sacred Power Of Raging Winds", em muitas delas com uma espécie de narrador da história, porém a música mais conhecida é a bela "The Magic Of The Wizards Dream" em um dueto magnífico com Fabio Lione. 

Essa parceria o inspirou a gravar seu próprio álbum de metal. Seu primeiro álbum de metal "Charlemagne: By the Sword and the Cross" foi lançado em 2010 seguido do álbum "Charlemagne: The Omens of Death" lançado em 2013. Ele também lançou alguns EP com versões Metal de músicas natalinas. Então fiquemos com essa lembrança de sua parceria com Rhapsody:

Por Trás das Letras: O Maior Espetáculo da Terra
em 7 de junho de 2015
Desde que Endless Forms Most Beautiful foi lançado, já mostrou ser um álbum repleto de informações e mistérios. O conceito base do álbum é a evolução das espécies, biologia, a origem da vida e todas as formas de vida na terra. Hoje vamos "garimpar" alguns dos significados por trás da canção The Greatest Show On Earth.


A mais longa faixa da carreira do Nightwish nos leva numa viajem sobre história do planeta Terra e de nossas origens. Logo na primeira parte "For Point Six", temos o "Horizonte Arqueano". Arqueano vem do grego, e significa Origem ou Começo, e corresponde a um éon¹ que está entre 3,85 bilhões e 2,5 bilhões de anos atrás, sendo o éon mais longo do planeta. É dividida em 4 eras: Neoarqueano, Mesoarqueano, Paleoarqueano e Eoarqueano e tem como principal característica, o surgimento das primeiras formas de vida unicelulares no planeta! A música não poderia começar de outra forma né!
Ainda se referindo ao início da vida, temos a frase "On a pristine Gaea". A palavra pristine significa pura, imaculada, incorrupto, intocado ou ainda primitivo. E Gaea ou Gaia, como muitos já sabem, significa Terra. Na mitologia grega Gaia se refere a personificação da Terra, a Deusa Mãe de todos nós. Sendo assim, "pristine Gaea" pode ser traduzido como "Gaia Imaculada" ou "Terra Intocada", se referindo ao período em que a terra ainda era pura e não sofria as alterações do homem.

I. Four Point Six
"Archaean horizon
(Horizonte Arqueano)
The first sunrise
(A primeira alvorada)
On a pristine Gaea
(Em uma gaia primordial)
Opus perfectum
(Obra perfeita)
Somewhere there, us sleeping"
(Em algum lugar, nós, adormecidos)

Encerrando a parte 1, temos Richard Dwakins recitando um trecho do seu livro "Unweaving The Rainbow". Onde ele tenta mostrar ao público, lado encantador de se estudar a ciência, e a beleza do pensamento cientifico.

"After sleeping through a hundred million centuries
(Depois de dormir por cem milhões de séculos)
we have finally opened our eyes on a sumptuous planet,
(Nós finalmente abrimos os olhos em um suntuoso planeta)
sparkling with color, bountiful with life.
(Brilhando com cor, generoso com a vida)
Within decades we must close our eyes again.
(Em poucas décadas, devemos fechar os olhos novamente)
Isn't it a noble, an enlightened way of spending our brief time
(Não é algo nobre, uma forma esclarecida de gastar nosso tempo breve)
in the sun, to work at understanding the universe
(No sol, para trabalhar na compreensão do universe)
and how we have come to wake up in it?"
(E como nós viemos a despertar nele? ")
--Richard Dawkins, Unweaving the Rainbow

Epica: Banda Anuncia que Terá Seu Próprio Festival
em 3 de junho de 2015
Epica anunciou que terá seu próprio festival. O Epic Metal Fest ocorrerá em 22 de Novembro de 2015 em "Klokgebouw", Eindhoven, na Holanda. As bandas já anunciadas foram:

Delain
Moonspell 
Eluveitie
Fear Factory
Periphery


Outras bandas ainda serão anunciadas. Mais informações sobre o festival em epicmetalfest.com