Desenhando: Wedding Peach
em 22 de novembro de 2014
Como eu havia dito alguns posts atrás, eu comecei a assistir uns animes novos, pois já estava um pouco cansada de ver os mesmos e precisava de algo novo! Os escolhidos foram Digimon Tamers, que não está me agradando muito, a história está muito monótona e durante os cinco primeiros episódios não aconteceu nada de empolgante, nenhuma digi-evolução, nenhuma luta, nada! Com isso eu tenho visto bem pouco, e para falar a verdade eu me esqueci completamente dele por que me empolguei com os outros dois animes e já faz uma semana que não assisto! A segunda escolha foi Yu Yu Hakusho, que estou bastante empolga, muito mesmo. Tanto que eu chego a assistir quase 6 episódios por dia quando tenho tempo livre. Antes tinha uma impressão diferente de Yu Yu Hakusho, não colocava muita fé, não achava que seria um estilo de anime que eu viria a gostar, (também tenho esse mesmo sentimento com Naruto) e acabou que a impressão foi totalmente o contrário. Mas, falarei mais de Yu Yu Hakusho em outra ocasião. E a terceira escolha foi Wedding Peach. Quando eu era mais nova eu ouvir falar sobre o WP, eu fiquei meio com o pé atrás, pois WP é um anime que foi criado para bater de frente com Sailor Moon. Realmente há muitas semelhanças entre dois, como por exemplo, a frase dita por Momoko antes da luta “o Anjo do Amor, WP, está extremamente descontente.”, que é de certa forma parecida com a que Usagi diz “Sailor Moon vai punir você, em nome da Lua”. 



Mas isso não quer dizer seja um anime ruim ou uma cópia barata de SM, até por que as histórias são bem diferentes. Receio até em dizer que estou a gostar mais de WP do que SM e olha que já sou uma fã antiga de SM. Vocês se lembram de que no início, Usagi se recusava a lutar e com muito custo ela conseguiu entender que tinha uma responsabilidade em mãos e que precisava cumprir custe o que custar a missão que lhe foi concedida, ou seja, há uma rejeição inicial. Já em WP, as meninas aceitam o desafio logo de cara, sem reclamar, chorar ou temer, elas entendem que tem que lutar. Fora do campo de batalha, os episódios também são mais interessantes. Eu particularmente adoro as briguinhas entre Momoko e Youseke, por que na verdade eles se amam! Há momentos muito engraçado, principalmente quando as três brigam pelo coração do Yanagiba. E é claro que não podemos esquecer-nos das partes em que aparece o time de futebol em ação.



É meio difícil dizer alguma coisa, eu sinto uma diferença entre os dois animes, cada um tem seus pontos fortes e fracos e suas propostas. Eu posso até ter dito um monte de asneiras sem sentido ai em cima, mais tentei transmitir a minhas perspectivas. De fato já fazia algum tempo que queria assistir WP, talvez a uns 10 anos atrás, eu o procurava para assistir mais não encontrava. Claro naquela época a internet não era tão robusta com é hoje nem sei dizer se existiam os fansub naquela época. Em resumo sinto que WP é mais agitado, enquanto SM é mais delicado.
Angra: Revelados Tracklist e Convidados do Novo Álbum
em 19 de novembro de 2014
Atrasada como sempre, mas como prometido na segunda feira o Angra revelou mais detalhes sobre o novo álbum, "Secret Garden". Além do tracklist, capa do álbum e o lyric vídeo da canção "Newborn Me", foram apresentados alguns dos convidados que participaram do álbum, dentre eles nossa belíssima Simone Simons interpretando a faixa título e a rainha Doro Pech em dueto com Rafael Bittencourt na faixa "Crushing Room".


Fonte: https://www.facebook.com/fabiolionenews


Tracklist:
1 - Newborn Me
2 - Black Hearted Soul
3 - Final Light
4 - Storm of Emotions
5 - Violet Sky
6 - Secret Garden
7- Upper Levels
8 - Crushing Room
9 - Perfect Simmetry
10 - Silent Call

Top 10 Of Metal: Xandria
em 7 de novembro de 2014
Semana retrasada eu decidi que era hora de conhecer coisas novas, tanto de animes quando de músicas. Isso por que eu sou bastante fanática com as coisas que gosto, e sempre ficou escutando e assistindo as mesmas coisas, sem nunca me cansar! Então para sair uma pouco dessa mesmice eu decidir buscar coisas novas e uma das primeiras vítimas foi o Xandria.



Eu já havia tentado ouvir Xandria antes, mais desanimei, não me agradou muito na época e deixei de lado, mas agora resolvi voltar com tudo. No princípio foi meio estranho, algumas músicas soavam como Pop Rock dos anos 80, algumas até me lembram músicas dessa época, como "Winterheart", “Answer” e “Eversleeping” (Não me perguntem por que, mais lembram..rsrs). Mais já me acostumei com elas e já até aprendi algumas, tanto que já dá para fazer um “Top 10” com as favoritas até agora! Confira abaixo: