Por Trás das Letras: Escudos Vivos
em 21 de abril de 2014
Já faz algum tempo que não temos um “Por Trás das Letras”, então eis que é hora de um! Para este eu trago para vocês a música “Living Shield” de 2005 da extinta banda After Forever. “Living Shield” fala sobre o Massacre de Beslan, que ocorreu numa escola da cidade de Beslan no norte da Rússia. O nome da música se dá pelo fato de que os terroristas usavam as crianças com seus próprios escudos vivos. O massacre começou em 1 de Setembro de 2004, quando um grupo separatista de militantes armados ocuparam a Escola Number One (SNO) da cidade de Beslan. Os militantes exigiam a retirada de tropas russa da Chechênia e reconhecimento independência da mesma. E é daqui que tiramos o primeiro refrão de música, quando Floor diz “Reféns de uma antiga ira...”. Muito já se ouviu falar sobre a Chechênia, pois diversos conflitos armados têm sido executados por conta do não reconhecimento de independência da Republica da Chechênia, resultando em aproximadamente 150 mil mortos, no período entre 1994 e 2003. 

“Pain and deep fear
Hostage in an ancient rage between people torn by their ideals
Willing to die, willing to kill
Hopeless and blind in their world where innocence dies”

O ataque ocorreu no começo do tradicional ano letivo russo conhecido como “First Bell” (Dia do Conhecimento), neste dia a crianças acompanhadas de seus pais e parentes participam de cerimônia na escola, e por esse motivo havia um numero muito grande de pessoas na escola. Os militantes invadiram a escola pela amanha e confinaram as pessoas no ginásio da escola. Os reféns foram privados de comer ou beber água, outros foram obrigada a carrega os corpos e até limpar o sangue no chão daqueles que foram mortos em explosões ou ataques. Já no segundo dia muitas crianças já não aguentavam a falta de água e comida, muitas delas tiraram sua própria roupa devido ao calor sufocante dentro do ginásio, muitas desmaiaram e outras bebiam sua própria urina para não morrer. O que nos leva para o refrão:

“Weak and frightend
Paralyzed and naked
they are children running for their lives
Lives are taken
Terrorists mistaken for they use the young ones
as refined living shields”


Sailor Moon Vol1 em Mãos!
em 13 de abril de 2014
Olá Moonies,
Eu estava quase desistindo de postar quando resolvi passar rapidinho para não passar a semana em branco. Ontem fui ao super-mercado e lá encontrei o tão esperado mangá de Sailor Moon. Não! não estava na prateleira ao lado de latas de sardinha! Mais tinha uma banda de revista perto. Eu estava esperando minha mãe passar no caixa (uma longa espera por sinal), quando avistei de longe o mangá lá dentro da banca (olhos de águia rsrs). imediatamente corri até lá e o agarrei..quer dizer comprei... kkk. Li algumas poucas ainda não apreciei por completo, mais como a semana de provas terminou agora terei um tempo para relaxar e me aventurar nas aventuras da guerreiras da lua!

Onda de Azar
em 6 de abril de 2014
Essa semana foi muito, muito ruim! Já comecei a segunda-feira com o pé esquerdo, sofri um pequeno acidente automobilístico, mas nada sério! Apenas roxões e dor, bati a cabeça perto da sobrancelha esquerda, o joelho e cai em cima da minha própria mão! E como diria uma das frases clássicas do pica-pau, "Em todos esse anos nessa industria vital, essa é primeira vez que isso me acontece!" Nunca tinha acontecido nada assim comigo antes. Depois da queda senti meu coração disparado, achei que seria projetada para fora do ônibus, não verdade faltou pouco. rsrsrs. Mas o motorista e a trocadora foram muito gentis e atenciosos me levaram imediatamente para hospital e ficaram comigo até a hora que sair. Agora todas vezes que escuto a música "Paschendale" do Iron Maiden, sinto um arrepio, pois era essa música que estava escutando quando caiu! Seria estranho de fosse "The Number Of The Beast" kkkkk.



Para completar a onda de azar quase vejo R$1500 jogados literalmente pela janela! Sim, meu Iphone caiu de mais ou menos 2M de altura no chão molha pois estava chovendo. Mais não houve nada com ele, estar a funcionar perfeitamente. Para afastar a onda de azar resolvi me dar um presente. Fui a banca para ver se já tinha o manga de Sailor Moon a venda, e não encontrei, mais encontrei algo, um pouco melhor (não é melhor por que os dois para mim tem o meus valor). Encontrei esse manga de DBZ, justamente da saga de Freeza, a qual estou assistindo novamente. Por hora, sinto-me aliviada por ter conseguindo terminar.