7 de novembro de 2017

What I Watched: Shurato

Não 
Quando se fala de TV Manchete, todo mundo da minha geração, logo se lembram dos clássicos como: Yu Yu Hakusho, Sailor Moon e Cavaleiros dos Zodíaco...e também Shurato. No entanto, eu não sei por que, talvez eu seja única que não se lembra de Shurato, então agora, chegou a hora de Shurato.
Shurato é sempre mencionado com uma cópia barata de CDZ, muitas nem sequer dão a chance ao anime, mas apesar de possuir uma base muito parecida com a de Seiya e sua turma, ele ainda possui um contexto próprio, com base na religião Hindu,e  características próprias, que somente assistindo conseguimos apreciar.
Em Shurato, acompanhamos a história, do protagonista que dá nome ao anime e seu melhor amigo Gai, que são transmigrados para um mundo paralelo chamado Mundo Celestial, onde eles acabam se tornando inimigos e tem que lutar utilizando da energia espiritual chama Sohma. Shurato e Gai fazem parte dos Oito Guardiões que devem proteger o Povo de Deva, porém por motivo desconhecido, Gai se torna maldoso e tenta o tempo todo matar Shurato.
O grande diferencial de Shurato, é que definitivamente não há enrolação. As lutas são na medida certa e de certa forma definitiva. Sério gente, aquelas lutas  de 3 á 5 episódios que tem em CDZ principalmente na Batalha das 12 Casa, não existem em Shurato, esse é um ponto diferencial e positivo do anime. Por mais que CDZ seja bom, aquela enrolação toda é de matar. Também pode-se perceber que o anime segue quase sem deslizar a mitologia hindu/budista.
Uma coisa questionável é: porque Shurato dá aquele grito espalhafatoso toda vez que solta seu golpe ou concentra a sua força. Eu realmente achei isso um pouco estranho, não sei se a versão japonesa o personagem faz algo do tipo. Seria interessante verificar isso num rewatch. e isso me leva outro ponto, as lutas. Elas não são tão violenta se comparadas a CDZ. Sim, há pancadaria, porém mais leve.
Eu também não poderia deixar de dizer que, Shurato tem um bom toque de comédia. Você percebe que há uma descontração maior entre os personagens, e não aquela pressão de se estar fazendo algo importante, que é salvar o mundo celestial, a ponto do persongens ser tão bitolado que não pode sorrir nem um minuto.
No geral, Shurato é um bom anime para se ver quando não há nada para fazer. Ele não maçante, e nem tão longo, pode-se dizer que é na medida certa. Se você gosta de animes do tipo "spirit" como este é conhecido, sugiro dar uma chance a Shurato, apesar de muitos dizerem que ele é apenas um cópia!





Through Lucy Eyes

Template por Butlariz Modificado por Lusy Oliveira