26 de novembro de 2016

Angra - Holy Land 20th Year Anniversary Tour

Depois de alguns anos (mais precisamente 12 anos), o Angra finalmente voltou a minha humilde cidade, em mais um dos shows da turnê comemorativa de 20 anos do álbum "Holy Land". O show contou com vários convidados  como: Juninho Carelli (teclado), Dedé Reis (percussão) e também alguns membros antigos da banda como: Ricardo Confessori, Luis Mariutti, e Edu Falaschi que vinha com sua própria banda, o Almah. Esse show foi bem complicado para mim, pois foi em plena quinta-feira, e além de já estar cansa de um dia inteiro de trabalho, provavelmente eu iria virar a noite acordada! 


A casa estava programada para abrir as 20hs, chegamos lá por volta das 21hs e já havia muitas pessoas. Fomos direto para o camarote e garantimos um ótimo lugar para ver o show. Finalmente  por volta das 22hs o Almah sobe ao palco. É estranho dizer isso mais, eu nunca tinha ouvido Almah até aquele momento, então já pode se imaginar que eu fiquei meio perdida durante o show deles. Apesar disso, o show deles foi incrível, com direito , ao Edu se jogando na galera, e até uma palhinha de "Pegasus Fantasy", que a galera não cansava de pedir!




Então 00h chegou a hora do Angra entrar no palco com "Newborn Me", seguida por uma que não é vista há tempos "Acid Rain" e a agitada "Nothing To Say". A essa altura eu realmente e arrependi de estar no camarote! A gente vai de camarote pensando que não vai te perturbação, mas sempre aparece aquele sujeito que gosta de dar um de esperto né. Enfim.... Eu não acreditava que eles iriam tocar "Carolina VI", mas de repente, começa aquela introdução acompanhada percussão de Dedé Reis (que sem dúvida foi um dos destaques do show). Depois veio "Storm Of Emotions" e a galera estava a mil!



Então veio parte acústica do show, onde Rafael toma o controle do microfone. Ele nos presenteou com bela "Silent Call" e a pequena "Lullabay For Lucifer". Ricardo Confessori é convidado para tocar a próximo faixa "Holy Land", e Dedé Reis se destaca mais uma vez, agora, com alguns golpes de capoeira. Luis Mariutti é chamado para se juntar a banda, desta vez em "The Shaman", outra que eu não esperava ouvir no show, mais que gosto muito. Luis e Ricardo continuaram tocando as duas canções seguintes "Z.I.T.O e "Make Believe".


E finalmente uma das músicas que eu realmente esperava ouvir,  melódica "Deep Blue". Ela é magnifica, e minha preferida do álbum. Então Fabio pergunta se queremos mais uma música. Eu confesso que a essa altura, ás 1h30 da manhã a única coisa que eu queria era a cama. Na verdade era visível que as pessoas já estavam exaustas, algumas já estavam sentadas e eu estava literalmente torcendo para chegar ao fim. Mas ai veio "Final Light", e a galera nem ligou muito para ela. E chegamos ao momento que todos estava esperando.  Desde o show do Almah, a galera gritava "Heroes Of Sand" e nada, agora estava explicado por que. Edu sobe ao palco para cantar a canção, que deu uma "acordada" na galera e em mim também. Continuamos acordados em "Spread Of Fire" e "Rebirth" mas literalmente o público veio ao delírio quando começou "Carry On" emendada com "Nova Era" que fechou o show. 



Por fim eu cheguei em casa ás 3hs, dormir até ás 7hs fui trabalhar e no fim do dia já não estava me aguentando, e olha que ainda fiz hora extra, mas valeu muito a pena ir e show foi ótimo, espetacular! Só espero que eles não deixem para voltar aqui só daqui a mais 12 anos!

Through Lucy Eyes

Template por Butlariz Modificado por Lusy Oliveira