7 de abril de 2016

What I Watched: City Hunter

Já fazia muito tempo que eu não assistia nenhum anime "novo", eu estava apenas com o DBSuper, e passei a assistir a toda série de Power Ranger. Por fim, no último mês decidi procurar uma coisa nova para assistir. Me lembrei de alguns anime que me chamaram a atenção em uma revista que costumava comprar quando era mais nova, a revista “Ultra Jovem”. Então fui no Site Super Animes e procurei por animes de acordo com o ano, mais precisamente dos anos 80 e 90, por que sinceramente, os animes de hoje em dia não tem me enchido os olhos, nem mesmo DBSuper, Sailor Moon Crystal (Que até parei de assistir), apenas Digimon Tri renovou meu espírito adolescente com nostalgia. Então no meio da busca eu achei City Hunter.

City Hunter tem tudo do que eu amo: investigação policial, ação e muito humor! A história gira em torno de Ryo Saeba, um sweeper (uma espécie de detetive particular), ele é um detetive muito exigente por que só pega caso de mulher bonitas! Tudo isso por que ele é um mokkori. Essa palavra está presente o tempo todo nos episódios, digamos que seja um "apelido" para tarado. Ryo e seu amigo Hideyuki Makimura, se unem para formar a equipe City Hunter em Tóquio. E para contatá-lo, basta deixar uma nota com a sigla "XYZ" no quadro de avisos na estação de Shinjuku. Contudo, um dia, Hideyuki, é assassinado por uma gangue, e Ryo passa a cuidar da irmã de Hideyuki, Kaori, que se torna sua nova assistente. Kaori passa o tempo todo perseguindo Ryo para evitar seus “atos mokkori” com suas clientes, e para isso ela conta com a ajuda de um martelo de 100 toneladas, que está o tempo todo em prontidão apenas esperando o deslize de Ryo. No entanto essa perseguição de Kaori parece na verdade envolver seus sentimentos por ele. Algumas vezes Ryo também conta com a ajuda Umibozu, outro sweeper e amigos de longa data. Ryo também terceirizam seus trabalhos para a detetive da polícia metropolitana Saeko Nogami, na esperança de um dia ele receber o pagamento em “mokkori”, por isso ele mantém uma longa lista dos favores já concedidos a ela.

City Hunter é uma daqueles animes que tem muito a nos ensinar, por traz do todo o humor, sempre há uma história de lição de vida, ou pessoas superando seus medos e tendo suas vidas mudadas graças ao Ryo, que lhe mostra o modo certo de agir em cada situação. A cada episódio temos uma história diferente, com pessoas diferentes, e vidas diferentes. De pessoas que não precisam só da ajuda de Ryo para protegê-las, mas também para superar obstáculos e desafios de sua vida ou até mesmo enxergar o mundo de maneira diferente.



Além da trama, City Hunter conta com uma trilha sonora bem empolgante. Eu simplesmente amei a primeira aberturas e encerramentos, não consigo parar de ouvir. Então você procurar um anime com muita ação e humor, e com boas história, aconselho-os a assistir City Hunter e não vão se arrepender.

Through Lucy Eyes

Template por Butlariz Modificado por Lusy Oliveira