31 de dezembro de 2015

The TLE's Best Of 2015

Olá amigos!
Então chegamos ao fim de mais um ciclo. Eu não costumo fazer um recapitulo dos acontecimentos, mais acho que este ano aconteceram tantas coisas bacanas que merecem ser lembrada. Eu vasculhei o blog e coletei alguns acontecimentos que merecem ser lembrados.



Janeiro
Janeiro inicia um novo ciclo, massa não posso deixar de mencionar que fechei o ano de 2014 encerrando outro anime de sucesso, Rurouni Kenshin. Logo em seguida, ainda em janeiro, para encerrar de vez a história do samurai Kenshin eu assistir os OVA: Seisou-hen e Tsuiokuhen. Com a expectativa do novo anime de Digimon, eu havia decidido assistir as outras temporadas de Digimon, e assim eu comecei a assistir Digimon Frontier. Depois de Digimon Adventure, essa foi a séries de Digimon que mais gostei, principalmente por usar algumas da trilha sonora de Adventure, o que causou certa nostalgia. Em paralelo outro anime me fascinou, com um tema bem diferente Captain Tsubasa se passa nos gramados, nada de superpoderes e monstros, apena o bom e velho futebol! Eu não sou uma amante profunda do futebol, pode-se dizer que tenho um leve interesse, mais precisamente quando se trata de copa do mundo, fora isso eu não tenho um time favorito. Mas eu realmente gosto de acompanhá quando se trata de Copa do Mundo, isso me fez gostar muito deste anime.

Fevereiro
Passando por Janeiro, Fevereiro é um mês que tenho certo repudio por causa do carnaval. Para escapar do samba que sufoca esse mês, eu me afoguei numa nova banda, Kryptéria. Eu procurava algo novo para escutar, e Krypteria foi sem dúvida uma ótima escolha! Um de seus grandes destaques para mim foi a balada “God I Need Someone” e a pesada “The Eye Collector”.


Março
Março foi o grande mês onde pude rever uma de minhas bandas favorita! O Epica. A primeira vez que os vi ao vivo foi em 2012 na turnê do álbum Requeim For The Indifferent. É claro que não poderia deixar de vê-lo na nova turnê, foi uma noite excepcional, onde também pude conhecer outra banda incrível, o Dragonforce. Também em Março tivemos o lançamento do tão aguardado álbum do Nightwish, Endless Forms Most Beautiful. Um álbum tão aguardado por ser o primeiro com Floor Jansen a frente do Nightwish. EFMB se mostrou um álbum excepcional e conta a história da humanidade é claro das mais belas formas do nosso planeta. Sem dúvida mais um grande trabalho do Nightwish.

Abril
Em Abril eu iniciei a jornada na era feudal em busca da Joia de Quatro Alma junto com Inuyasha e Kagome. Também tivemos a estreia do anime Saint Seiya: Soul Of Gold, onde os cavaleiros de ouro renascem em Asgard para a última batalha! Não podemos esquecer que além de ser o mês de meu aniversário, também foi o mês do anúncio de uma nova saga de Dragon Ball Z.

Maio
Embalada pelas melodias mediáveis do Rhpasody eu comecei mais uma jornada através das planícies de Lodoss, onde nos aventuramos na companhia do lendário cavaleiro Parn. Eu finalmente escutei Dragonforce, “Strike Of The Ninja” e “Disciples Of Babylon” ainda permanecem na minha mente até hoje!
Junho
Em junho tivemos uma grande perda, tanto para cena do metal quanto para o cinema. Perdemos Christopher Lee. O ator era conhecido por interpretar o mago Saruman na trilogia de Senhor dos Anéis, um de seus papéis mais notáveis. Lee também contribuiu com sua voz em quarto álbum da banda Rhpasody.

Julho
Enfim chega a tão aguardada estreia de Dragon Ball Super, em julho. Algo tão esperado pelos e fãs e é claro por mim!

Agosto
Agosto para mim é o pior mês do ano. Se não fosse pelas emoções de Neon Genesis Evangelion ele continuaria sendo o mês mórbido de sempre. Coincidentemente, Neon Genesis Evangelion se passa em 2015, onde as criaturas conhecidas como Angel, voltam a atacar Tokyo 3. Àquela altura o mundo já não era o mesmo, depois de passar pelo cataclismo ocorrido em 2002, o clima já não é o mesmo e a população já reduzida, fica afugentada pelos ataques do Angel. A organização NERV lidera as investidas contra essas estranhas criaturas, utilizando robô chamado de EVA pilotado por criança. Eu me senti como se estivesse mesmo naquele ano de 2015. Um detalhe, finalmente consegui comprar um álbum The Divine Conspiracy do Epica, que almejava faz anos!

Setembro
Setembro começa com o pé esquerdo para o Epica, com vários shows cancelados devido a problemas pessoais de Simone e Coen. Temos o anúncio do novo álbum de estúdio do Rhpasody Of Fire. E finalmente o grande dia chega! Participação do Nightwish no Rock In Rio, certamente o show muito aguardado. Eu não fui, mais acompanhei pela TV e foi simplesmente magnífico.

Outubro
Outubro fui um mês sem maiores acontecimentos. Eu comecei assistir Ranma a grande comédia de Rumiko Takahashi autora também do sombrio Inuyasha! Em paralelo também comecei Tenchi Muyou! Ryououki, mais as coisas vão meio devagar com este!

Novembro
Sem dúvida a coisa mais aguardada de Novembro foi Digimon Adventure Tri. A nova animação da série estreou com tudo, despertando aquela nostalgia, com a versão renovada de algumas das trilhas sonoras e seus temas de abertura e encerramento.

Dezembro
E finalmente chegamos ao fim de mais um ciclo. Não houve muita coisa por aqui este mês, pois estou trabalhando em algo para 2016. Logo em Janeiro o blog completa 4 anos, então aguardem! No mais desejo a todos o um feliz ano novo de muita prosperidade e realizações para o próximo ano. Nos vemos lá!!!

Through Lucy Eyes

Template por Butlariz Modificado por Lusy Oliveira