10 de outubro de 2015

What I Watched: Ação Policial Com Um Toque de Magia

Há muitos anos atrás na minha adolescência, eu colecionava revista sobre anime, um grupo de meninas trajando uniforme policial me chamou a atenção (por que eu adoro séries policiais e logicamente também adoraria os animes). O nome deste anime, Silent Mobius, nunca saiu da minha cabeça, até que decidir entrar no mundo daquelas jovens garotas policiais no mês passado. Silent Mobius tem uma história um tanto apocalíptica, e como eu tinha acabado de assistir Neo Genesis Evangelion, senti que as duas histórias eram semelhantes em alguns pontos, como a Terra ser atacada por criaturas desconhecidas. 
Sim, lá em 2023 as coisas já não são como conhecemos, criaturas abomináveis conhecidas como Lucifer Hawk (um nome que pra mim não faz nenhum sentido), aterrorizam as pessoas, mais precisamente na cidade de Tóquio. Para combater essas criaturas foi criado um departamento especial da polícia, o Departamento 00, também conhecido por AMP (Attacked Mystification Police Force) que é formado apenas por mulheres!

A história tem tudo o que eu realmente amo, quando se trata de um anime com mulheres! Elas estão no comando, são fortes e poderosas, e ainda temos uma pitada de romance. Eu realmente amo o romance de Kiddy e Ralph. No começo os dois eram como rivais, Kiddy sendo tão durona quanto Ralph, e ambos vivem brigando, até se apaixonarem. Sem dúvida uma clássica história de amor! 

Por muitas vezes a história se torna confusa ao tentar explicar como ocorreu o surgimento dos Lucifer Hawk, e principalmente quem abriu o portal de Nemesis. É insinuado que quem o faz é o pai Katsumi, Gigelf Liqueur, porém, em todos os episódios contam algo sobre ele, sempre tive a impressão de que ele tentou impedir a abertura dos portões. No entanto, não fica explícito quem realmente causou toda a decadência atual do planeta. Algumas vezes são citados projetos secretos, como o Projeto Gaea  que são secretos até mesmo para nós, por seus maiores detalhes não ficam claros.
Um ponto interessante de Silent Mobius, é que tirando as trilhas sonoras de fundo, a maioria das canções são em inglês, fugindo um pouco do que costumamos ver nos animes em geral. Ambos os encerramentos são cantados em inglês, a delicada e suave “Silently” e a romântica “Till The End Of Time”. Uma das exceções é abertura Forbidden Pensee, uma música empolgante com toque sutil de mistério. As músicas de fundo também não são de se jogar fora trazem a atmosfera orquestral que combina perfeitamente o lado misterioso e sombrio de Silent Mobius.
O design dos personagens foi algo que demorei me acostumar, no princípio as coisas pareciam um pouco estranhas, como por exemplo o rosto de Katsumi que, dependendo da perspectiva parecia maior, o que a deixava com uma aparência de mais velha do que ela realmente era. 
No começo eu pensei que 26 episódios não seriam suficientes para abordar toda história que estava por vir, pois chegamos ao 11º episódio, e ainda era introduzido a história de algum personagem. Talvez por isso algumas explicações importantes acabam ficando de fora e tudo parece ocorrer desordenadamente.

See here in english.

Through Lucy Eyes

Template por Butlariz Modificado por Lusy Oliveira